Hepatopatias - Quando o Fígado Acusa o Golpe

27/03/2011 10:23

Prezados leitores a amigos! Quem nos vem acompanhando ao longo do ano já sabia que iria escrever sobre problemas hepáticos ou calosidade. Então como tive uma oportunidade única esta semana resolvi trazer até vocês um pouco mais sobre hepatopatias. Uma coisa interessante que sempre me perguntam na consulta é: Dr, já olhou o fígado do meu passaro?! Aí eu respondo: Olhe para as fezes que elas podem te dizer muita coisa.

As hepatopatias de maneira geral vão causar um aumento deste órgão realmente, sendo isso observado quando você pega o passaro na mão e assopra as penas da ´´barriga´´ dele. Você vai observar uma mancha mais escura além das costelas dele do lado direito da barriguinha vamos dizer assim. Mas nem sempre isso é fato e você deve se voltar para observação das fezes de sua ave.

De acordo com um cliente observar as fezes é uma arte nojenta, mas é bem interessante o que pode te revelar. Quando o animal sofre de alguma hepatopatia as fezes de sua ave tendem a ficar mais esverdeadas (musgo) e pegajosas ou se apresentarem esbranquiçadas completamente. Logicamente vocês não podem confundir essa tonalidade esverdeada com a influencia da alimentação dele.

Então proponho um teste. Não forneçam alimentos verdes as suas aves por 3 dias, isso inclui verduras e ração industrializada verde. Depois disso coloquem um papel branco no fundo da gaiola. Espere fazer umas 5 fezes e observe a coloração da folha ao redor das fezes e o verso da folha. Interessante né!? Se sua ave apresentar essas manchas verdes provavelmente ela é uma hepatopata. Qualquer que seja a ave, ok.

Agora que já fizeram o teste, temos que descobrir a causa dessa hepatopatia e normalmente está relacionado ao uso excessivo de medicamentos desnecessários ou a uma alimentação de má qualidade ou inapropriada a espécie em questão. Em termos medicamentosos o conselho é um só não automedique sua ave e procure um veterinário especializado para prescrição e orientação, ok.

Se o caso for alimentar caímos numa problemática constante hoje que é a má qualidade das sementes oferecidas no mercado. O acondicionamento dessas sementes é precário desde sua colheita até chegar a nossa casa. O fato da maioria delas já virem assopradas é ótimo e elimina as sujeiras e impurezas maiores, mas o grande problema hoje são as micotoxinas presente na maioria das sementes e mistura, principalmente nas mais oleosas.

 Há 2 meses atrás atendi a distancia um Azulão que vinha apresentando convulsão.. Dentre as possíveis causas veio logo o tal do stress, que todo criador quer culpar ele, principalmente quando não temos respostas para o caso, mas logicamente temos as hepatopatias que no caso dessa ave foi a causa e a analise de micotoxinas na mistura de sementes estava 10x o valor permitido para consumo humano. Eu sei que é horrível, mas hoje ela está ótima. Essas hepatopatias podem levar as aves a quadros convulsivos em casos graves como esse. Mas a realidade não é bem essa. As hepatopatias são silenciosas e na maioria das vezes são crônicas.

O melhor remédio é a prevenção. Então invistam em uma alimentação de melhor qualidade, buscando frutas/verduras e legumes orgânicos para suas aves e portando livre de agrotóxico; acondicione melhor a embalagem de comida; forneçam produtos perecíveis como as farinhadas, adicionada de ovo, sempre fresca e retire da gaiola após algumas horas. Invista em um fornecedor idôneo para as suas misturas e rações. Não automediquem suas aves.

Enfim é isso, despeço-me por aqui com o pensamento do mês de Albert Einsten: ´´ A mente que se abre a uma nova idéia jamais volta ao seu tamanho original´´

Foto 1 e 2: Observe na foto que as fezes estão praticamente esbranquiçadas e não é pela a urina que também é branca.

Foto 3. Observe a mancha esverdeada no papel ao redor das fezes.