Conheçendo e Alimentando em Cativeiro seu Sagui

27/03/2011 09:31

Os sagüis são menores os macacos que existem, sua cauda longa nunca preênsil, a cabeça mais longa que larga, unhas longas com a forma de garras (exceto a do polegar) e pela presença de 32 dentes, sendo oito incisivos, quatro caninos, doze pré-molares e oito molares. Vivem nas selvas da América do Sul e América Central, são encontrados desde a Zona do Canal, no Panamá, até o Estado do Paraná, mas não ocorrem na Venezuela e em certas áreas da Colômbia e Guianas. Os grandes centros de distribuição das espécies são a floresta amazônica e a floresta atlântica. Poucas espécies existem nos cerrados do Brasil Central. Raramente adotam a postura bípede. Suas garras são utilizadas para subir nos troncos e para retirar insetos e larvas do interior dos galhos e das árvores. Abrigam-se nos ocos dos troncos, mas não constroem ninhos.
Os sagüis vivem em grupos pequenos (também podem ser vistos sozinhos ou em pares). As vezes formam bandos que, nas regiões pouco freqüentadas pelo homem, podem reunir trinta ou quarenta indivíduos. Já foi observado bandos mistos, formados por animais de duas ou três espécies distintas. Dormem umas doze a quatorze horas por dia. Gostam de brincar de briga e de esconde-esconde. Um sagui demostra sua superioridade em relação a outro virando-lhe o traseiro. Isso difere curiosamente do habito de alguns macacos africanos, entre os quais este gesto indica submissão.
O sagui apesar de seu temperamento inconstante, acostuma-se facilmente ao cativeiro. Ele detesta o frio. Costuma juntar pedaços de pano em sua gaiola e faz um ninho onde possa se abrigar. Sua alimentação deve ser variada e constar de frutos, legumes, ovos e tenébrios, indispensáveis como fonte de proteínas. Em liberdade caçam insetos, dos quais são grandes apreciadores.
Possuem domínios definidos e os bandos instalam-se nas proximidades das fruteiras, na mata, repetindo os mesmos percursos todos os dias. Utilizam as mesmas árvores e os mesmos galhos durante os deslocamentos.
Reprodução:
Seu período de gestação é de aproximadamente 155 dias. Algumas semanas antes de dar à luz as fêmeas ficam menos ativas. Parem sempre gêmeos, ao contrário dos Cebídeos. Eles não devem ser perturbados quando estiverem dando à luz. Normalmente acontece à noite e o parto leva aproximadamente uma hora. Este trabalho de parto é cálculo levado em consideração o tempo entre as primeiras contrações até o nascimento do primeiro sagüizinho. O intervalo entre os dois filhotes normalmente é 2-5 minutos. A placenta normalmente sai em 10-30 minutos depois do nascimento do último filhote e é comido pelo de grupo fêmeas e outros membros do grupo.
O chefe da família tem a obrigação de cuidar dos filhos. Pequenininho, o sagüi se agarra no peito do pai e só volta para junto da mãe na hora de mamar. Na hora de atravessar os galhos e correr pelas árvores, é o pai que carrega os filhotes.
Com 30 dias de vida, os filhotes começam a comer um pouco de comida: insetos, ovos, somente com comida sólida. Normalmente os filhotes mamam até os 6 meses. Com a idade de 15 a 18 meses os sagüis já são capazes de se reproduzirem.

Alimentação em cativeiro:

Os sagüis são onívoros e recomendo três alimentações diárias, como se segue:

 Alimentação de Manha 8:00h:

- Vitamina* – 1 colher de sopa – 2º a 6 º
- Ração para cachorro (grão pequeno) – 1 colher de sopa – 2º a 6º
- ¼ Pão com mel + carbonato de cálcio (pitada) – Sáb e Dom.

* Receita da Vitamina: 04 colheres sopa leite ninho, 2 colheres de sopa de neston vitamina, 1 colher de sopa de mel, 4 gemas de ovo, 2 pacote de gelatina, 4 bananas, 1 maça, 500 mL de água. Bater no liquidificador e conservar em pequenas porções congelado (saco de sacolé).

Alimentação da Manha 11:00h:

- Banana – diário
- Laranja – diário
- Maça – diário
- Mamão - diário
- Frutas da época (1 por dia) – diário
- Queijo minas – 2º/4º/6º

OBS: Oferecer 2 pedaços de cada item. Atenção ao corte, deixar sempre a casca e cortar em triangulo, pois sagüi odeia sujar as mãos ao comer.

Alimentação da Tarde 14:00h:

- Abóbora/Beterraba – 2º/4º/6º
- Batata doce/Cenoura – 3º/5º/Sáb
- Berinjela – diário
- Pepino – diário
- Milho – 3º/5º/Sáb
- ½ Ovo cozido – Domingo

OBS: Oferecer 2 pedaços de cada item.

 

Faça exames de fezes regularmente, pelo menos 2x ao ano. E em qualquer sinal de anormalidade consulte sempre um veterinário especializado.